terça-feira, 13 de maio de 2008

Esse tal rapaz...


Lá no profundo,
no meio da solidão,
escondido do mundo,
à procura de paixão,
Está um rapaz,
que de tudo é capaz
por ela fazer,
só para um
simples beijo receber...
Por entre campos de espinhos
esse rapaz passa,
só para um bela rosa oferecer,
A única flor que a satisfaça...
Por entre tempestades
esse rapaz passa,
só para procurar
pérola perdida
no fundo do mar,
Sua jóia preferida...
Por entre trovoada
esse rapaz passa
só para encontrar
estrela escondida,
Aquela que maior brilho irradiar,
sua estrela apaixonante,
Sua alma perdida...
Esse rapaz...Esse rapaz...
Esse rapaz que poesia
escrever
para alegria
de sua amada,
Irá amar até morrer,
e amar para viver...

4 comentários:

Anónimo disse...

ta lind! deves continuar assim! ganda gonsa! nao fikes tao bom senao ficas = ao manson, a tirar costelas e olhos! xD

Anónimo disse...

lindo!! continua!!

Anónimo disse...

esse tal rapax 1 dia será amado.. n há k se preokupar poux o amor akntece inexperadamente =P

ass: genética

Anónimo disse...

adorei esse poema, mesmo lindo *.*

oksana